PESSOAL NESTE BLOG EU TRATO DE TUDO UM POUCO SOBRE INFORMÁTICA. ESTE BLOG SERVE EM PARTE PARA MIM COMO UM BLOCO DE NOTAS. PUBLICO AQUI MUITO ASSUNTO DE QUE ME PEDEM. ESPERO K APRECIEM ,

28
Fev 10

A natureza universal da Web é um de seus atributos de ouro. Ela permite a você conectar uma página Web em, por exemplo, Tóquio ou Praga e mantê-la em sua tela por horas a fio e sem gastar uma fortuna com a conta telefônica. A partir do momento em que um servidor apresenta a página que você solicitou, ele tenta não perdê-lo mais de vista, monitorando as ações que você realizou para acessar o site ou observando tudo o que faz enquanto estiver lá. Mesmo que seu navegador tente manter uma espécie de vínculo com um servidor remoto.

Infelizmente, essa condição universal torna difícil a construção de sites verdadeiramente sofisticados, especialmente sites comerciais. Por exemplo, se toda página solicitada encontrar-se isolada, como seu servidor poderá saber se o usuário forneceu uma data de logon válida? Há várias maneira para se conseguir isso - por exemplo, codificando o nome e a senha do usuário e adicionando-os ao URL como um sufixo - mas apresentarei a você o modo mais fácil e eficiente, que requer cada vez mais o uso do famoso cookie.

Um cookie permite a seu servidor Web esconder as informações sobre o PC de um visitante, assim, quando o visitante move-se para outra página em seu site, o servidor "relembra" seu ID, a menos que ele prefira visualizar seu site usando frames (quadros). A idéia de que a utilização de cookies violam o direito de privacidade do usuário é freqüentemente mal informada, pois somente o site que cria o cookie pode lê-lo. E um cookie armazena somente as informações que você forneceu direta ou indiretamente (você, indiretamente, fornece suas características de internauta, porque um servidor pode defini-lo sem o seu consentimento expresso). Sendo mais claro, um cookie é a versão eletrônica de um vendedor que sempre lembra seu nome e o reconhece quando entra na loja.

Um cookie pode transportar um virus ?

Não ! Um cookie é um ficheiro texto muito pequeno colocado na sua unidade de disco rígido por um servidor de páginas da Web. Funciona essencialmente como um cartão de identificação e não pode ser executado como código nem transmitir vírus. É exclusivamente seu e só pode ser lido pelo servidor que o forneceu. 

Criando Cookies

Utilizando cookies você pode fazer com que seu site identifique cada necessidade e hábito de compra dos usuários que visitam seu site. O primeiro passo é criar um cookie que armazene as informações do usuário, como o primeiro nome que você desejará apresentar na próxima vez em que ele entrar em seu site (desde que ele tenha, é claro, preenchido o formulário anteriormente).

Todos os cookies relativos a uma página residem na propriedade Cookie do objeto Document, no Netscape Navigator e no Internet Explorer. Como um arquivo de inicialização .INI, um cookie é constituído de um nome e um valor, separados por um sinal de igual. Assim, para armazenar o valor Antônio em um cookie chamado FirstName, você pode configurar o seguinte comando usando JavaScript ou VBScript:

document.cookie = "FirstName=Antônio"

Também é possível especificar outra informação no cookie, incluindo os domínios capazes de ler o cookie e uma data de expiração para ele. Por exemplo, a sintaxe a seguir define o vencimento do cookie como 1 de abril de 1998:

document.cookie = "FirstName=Antônio;
expires=Tuesday, 01-Apr-1998
07:00:00 EST"

E para excluir um cookie, basta definir um atributo com sua data de expiração já vencida, assim:

document.cookie = "FirstName=John;
expires=Tuesday, 01-Apr-1994
07:00:00 EST"

Programas que ajudam a lidar com os cookies :

Cookie Pal - 215 kb
http://www.kburra.com
Você pode configurá-lo para automaticamente aceitar ou rejeitar todos os cookies de um determinado web site.

Se pretender verificar os cookies que aceita:
Pode ordenar ao seu browser que aceite todos os cookies ou que o avise sempre que for fornecido um cookie. Então poderá decidir se aceita ou não.

Se está a utilizar o Internet Explorer 5.0:
1. Seleccione Ferramentas e, em seguida,
2. Opções da Internet.
3. Clique no separador Segurança,
4. Clique em Internet e, e seguida, Personalizar nível.
5. Desloque para baixo para Cookies e seleccione uma das duas opções.

Se está a utilizar o Internet Explorer 4.0:
1. Seleccione Ver e, em seguida,
2. Opções da Internet.
3. Clique no separador Avançadas,
4. Desloque para baixo para o ponto de exclamação amarelo no item Segurança e seleccione uma das três opções, de forma a determinar a sua utilização de cookies.

No Internet Explorer 3.0, pode seleccionar Ver, Opções, Avançadas e clicar no botão que diz Avisar antes de aceitar "cookies".

Se está a utilizar o Netscape Communicator 4.0:
Na barra de ferramentas, clique em:
1. Edit, em
2. Preferences e, em seguida, em
3. Advanced.
4. Defina as suas opções na caixa com o nome "Cookies".

Como ver os cookies que aceitou:
Se está a utilizar o Internet Explorer 5.0
Na barra de ferramentas, clique em:
1. Ferramentas e, em seguida, em
2. Opções da Internet.
3. No separador Geral (o separador predefinido), clique em
4. Definições e, em seguida, em
5. Ver ficheiros.

Se está a utilizar o Internet Explorer 4.0
Na barra de ferramentas, clique em:
1. Ver e, em seguida, em
2. Opções da Internet.
3. No separador Geral (o separador predefinido), clique em
4. Definições e, em seguida, em
5. Ver ficheiros.

Internet Explorer 3.0
Na barra de tarefas, clique em:
1. Ver, em
2. Opções, em
3. Avançadas e, em seguida, em
4. Ver ficheiros.

Netscape Communicator 4.0:
O Netscape agrupa todos os cookies num só ficheiro, na unidade de disco rígido. Será necessário localizar o ficheiro, que se chama Cookie.txt nas máquinas Windows.

Como visualizar o código num cookie:
Basta clicar no cookie para o abrir. Verá uma pequena cadeia de texto e algarismos. Os algarismos são o seu cartão de identificação, que só pode ser lido pelo servidor que forneceu o cookie.

 

publicado por jorgepc às 17:26
sinto-me:
tags:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

16
18
19
20

23
24
25
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO