PESSOAL NESTE BLOG EU TRATO DE TUDO UM POUCO SOBRE INFORMÁTICA. ESTE BLOG SERVE EM PARTE PARA MIM COMO UM BLOCO DE NOTAS. PUBLICO AQUI MUITO ASSUNTO DE QUE ME PEDEM. ESPERO K APRECIEM ,

30
Nov 09

Como fazer um currículo

O Currículum VItae (CV) é visto como um cartão de visita por muitas empresas e pode fazer diferença entre um convite de uma entrevista ou uma futura oportunidade de trabalho. Por isso é preciso que ele esteja bem elaborado.

Modelo de Currículo

Um bom currículo deve conter todas as informações necessárias e essenciais para o entrevistador ou selecionador, contudo essas informações devem estar organizadas de uma maneira clara e objetiva.
Veja agora como elaborar um currículo com qualidade.
1. Passos para elaboração de um currículo
Dados pessoais:
nome, idade, estado civil, endereço, telefone, telefone para recados, e-mail (não há necessidade de incluir números de documentos oficiais, nem referências bancárias, nem foto pessoal).


Organização: O CV deve ser bem organizado para tal divida o seu CV em seções claras (por ex. dados pessoais, formação, experiência profissional, observações etc.) As seções podem ser alteradas livremente é imprescindível que esteja mais legível possível se necessário coloque espaços em branco para separar as seções.

Um currículo bem preparado, estruturado com informações precisas não é garantia de emprego para ninguem, mas, já é meio caminho andado.
Um bom currículo deve chamar a atenção do contratante e isso precisa ser feito com muita cautela. Um entrevistador perde aproximadamente 40 segundos analizando um curriculo, tecnicamente, você tem esse tempo para causar uma boa impressão. Seu currículo não pode de maneira nenhuma estar ‘vazio’ demais isso dará uma impressão de pouco conteúdo, nem estar com uma visibilidade excessiva de palavras, pois ele, também, logo irá parar na gaveta do entrevistador.

Hoje há vários modelos de curriculos ‘perfeitos’ pela internet. Não há uma formula mágica de se fazer um currículo perfeito, mas algumas técnicas ajudam bastante a dar uma boa impressão ao seu currículo. Seguem algumas dicas de como ele deve ser feito:

1º Mantenha a calma
Seu currículo é a primeira ‘impressão’ que o entrevistador terá de você. É preciso que ele esteja bem elaborado e isso pode levar algum tempo. Não tenha pressa em terminá-lo, faça-o com calma.

2º Vá Direto ao Assunto
A pior coisa que pode acontecer é alguem ficar passando páginas e páginas de seu currículo procurando informações. Fazer com que isso aconteça, acredite, nem para gaveta seu currículo volta, é lata de lixo na certa! Então seja objetivo, sem deixar, claro, de destacar pontos importantes.

3º Informe Apenas Coisas Importantes
Se a vaga é voltada para gerente de marketing, não é necessário citar sua experiência com microcomputadores.
Ah, ninguem está muito interessado também em saber os numeros de CPF, RG ou qualquer outra coisa parecida. Isso é importante sim, mas apenas depois que você começar a trabalhar, então, não coloque.

4º Facilite o Contato
Coloque maneiras de contatos que sejam fácil de te encontrar, como telefone e celular (os mais comuns) e e-mails, MSN, GoogleTalk, enfim, meios que facilitem o contato.

5º Mantenha uma Estrutura
Coloque em ordem o que será comentado, seu nome, meios de contato, escolaridade, experiência…

Nas suas experiências profissionais, coloque-as em ordem cronológica, o primeiro citado deve ser o último trabalhado. Caso você tenha ficado pouquissimo tempo em alguns empregos (com algumas excessões de quando o trabalho é temporário) ou tenha passado em muitas áreas diferentes, não é muito interessante colocar todos, isso pode piorar a situação, dê preferência as experiências que sejam pertinente a vaga desejada.

6º Facilite a Leitura

Monte seu currículo com uma boa formatação. Coloque fontes de no mínimo 10 pontos, deixe uma margem nas folhas e uma margem entre o cabeçalho, esses detalhes facilitam a leitura e deixa uma impressão de organização. Tenha cuidado, não deixe as informações muito juntas e nem deixe muitos espaços em branco - ache um meio termo.

7º Cuidado com o Tal do Portuga
Você não precisa fazê-lo de uma forma extremamente certa com normas ‘inlembráveis’ da lingua portuguesa, mas fazer uma revisão atenciosa pode pegar erros grosseiros.

 

 

 

Objetivos pretendidos: posição desejada e cargo pretendido ou ainda pode relacionar a área de seu interesse.

Formação escolar: envolvendo toda a escolaridade, cursos de graduação, pós-graduação, cursos de especialização ou qualificações além de cursos sobre idiomas, bem como o nível de domínio deste idioma. O diploma mais alto é o mais importante (deve indicar a instituição e a data de conclusão do curso). Eventualmente pode fazer referência ao seu percurso no ensino secundário, embora não seja muito relevante, para a maioria das empresas, dependendo do curso secundário este pode vir a ser um diferencial a mais em seu CV. Cursos adicionais são mencionados na medida em que dizem respeito ao posto para o qual se candidata.

Experiência profissional: incluir empresas onde trabalhou, com um breve perfil sobre o porte da organização, ramo de atividade e principais resultados obtidos. Citar períodos envolvidos, cargos ocupados e principais atividades ou projetos desenvolvidos.

Habilidades e qualificações profissionais: desenvolver um breve perfil que caracterize os principais pontos fortes do candidato as suas principais realizações profissionais e interesses.

 

2 Cuidados na Elaboração e Observações Importantes sobre um Currículo

 

Ordem: É interessante manter uma ordem cronológica, capaz de demonstrar a evolução do candidato ao longo de sua carreira acadêmica e profissional.
Objetividade: A característica fundamental do CV é que o deve ser redigido de forma simples e objetiva, concisa e sintética utilize uma linguagem breve e direta. Utilize um tamanho reduzido, no máximo o seu CV deve ocupar duas folhas. Para executivos jovens, uma página é suficiente. Executivos com mais tempo de carreira podem se estender mais e nestes casos, se o currículo for muito breve, parece que ele realizou pouca coisa. Use frases curtas e evite adjetivos. Deixe margens largas e não use letras muito pequenas, lembre-se de que a maioria dos recrutadores tem mais de 40 anos e já não enxerga tão bem.


Impressão: Deve ser bem impresso em folha A4 ou em papel carta comum, porém deve ter uma excelente impressão visual, não utilize letras pequenas e tome o máximo cuidado com erros de impressão ou de linguagem. Cada CV a ser enviado deve ser uma impressão original evite cópias, tenha cuidado com a estética de seu CV. Recorra a softwares de editoração eletrônica e impressoras a laser para produzir um currículo bonito. Inicie as frases com verbos de ação, como construí, reduzi, administrei, organizei etc.
Qualificação: O CV deve permitir dar uma idéia geral a respeito do candidato, de maneira clara e honesta, evite ostentação exagerada, não omita dados de suas qualificações que podem ser importantes ao processo seletivo. Realce os aspectos positivos e as informações relevantes, ou seja aquelas informações que aumentem as possibilidades de obter uma entrevista. Molde o seu CV ao emprego para o qual se candidata, pesquise a empresa, conheça bem o perfil da vaga antes de elaborar seu CV.


Português: Erros de ortografia, gramática e digitação causam péssima impressão. Peça ajuda a quem conhece bem as regras do português para revisar o texto.

Vários exemplos de CV podem servir de modelos alternativos para ajudar o candidato a elaborar o seu, na verdade a escolha deve se ajustar aos seus objetivos e deve estar dentro do perfil de candidato que as empresas buscam. Muitas empresas mantêm sites de captura de CV e adotam  modelos padrão de CV, para facilitar os processos seletivos.

 

publicado por jorgepc às 01:36

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO